• Inaugurado no final de 2004 em Paris, o conceito do restaurante Dans le Noir?

Inaugurado no final de 2004 em Paris, o conceito do restaurante Dans le Noir? (No Escuro?, em francês) prova ter conseguido uma fórmula certa de atrair o público: usar a sensibilidade dos sentidos. Depois de inaugurar outro estabelecimento em Londres no ano de 2005, Moscou foi a última capital européia que ganhou, no fim do ano passado, uma filial do restaurante criado por Edouard de Broglie e Etienne Boisrond.

A proposta da dupla francesa é servir os clientes em completo breu. Assim que entram no restaurante passam por duas salas de variada penumbra até atingir uma terceira que não permite a entrada de luz alguma. Na escuridão, são servidos apenas por garçons cegos. Ainda que o prato seja escolhido antes de chegar à sala escura, a maioria dos clientes opta pela sugestão do chef para que a surpresa seja ainda maior.

“O paladar fica mais aguçado. É possível perceber melhor a textura do alimento e ouvir a mastigação”, informa a psicóloga da USP Viviane Freire Bueno, conhecida pelo seu trabalho que mostra a alteração de comportamento de crianças quanto ingerem comida enquanto escutam músicas populares.

Como os olhos não recebem luz, a o sentido da visão fica inoperante. O corpo passa então a trabalhar com a percepção espacial de forma mais complexa. “Como as pessoas não se vêem, acham que não vão escutar o que dizem. O escuro passa a criar um obstáculo na voz das pessoas”, analisa Bueno. Não à toa, nos primeiros minutos dentro do restaurante as pessoas falam em tom de voz alto, até sentir pessoas ao redor e notar que podem ser escutados em voz mais baixa.

Conceito Global

A idéia é agora levar filial para outros cantos do mundo. Se em Paris e Londres a dupla criadora é a proprietária, em Moscou o estabelecimento foi aberto em esquema de franquia. Quem sabe, assim, algum empresário brasileiro se anima com idéia de trazer o conceito de comer no escuro e ser servido por deficientes visuais. O sucesso nas cidades onde o Dans lê Noir? está em operação é grande. A imprensa francesa diz que a reserva para uma mesa no local precisa ser feita com algumas semanas de antecedência.

Outras cidades do mundo já copiaram a idéia. Em Montreal, no Canadá, é possível comer no Onoir sob as mesmas condições: escuridão total e serviço realizado por cegos. Já os alemães contam com o Usicht-Ba em Berlim e Colônia.

Inaugurado no final de 2004 em Paris, o conceito do restaurante Dans le Noir?